sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Expedição Inti & Killa II - Quinto dia

Dia 08 de setembro de 2010. Era o dia do ingresso no Perú. Depois de milhares de quilômetros estávamos chegando em nosso destino. Pela manhã tomamos nosso café e partimos de Arica às 8:33 da manhã. O pessoal do hotel foi muito atencioso e também nos deu uma dica legal para sairmos da cidade e voltarmos para a Panamericana. Paramos e fizemos um último abastecimento ainda no Chile para depois tocar para a fronteira.
Dia de fronteira é dia de tensão. Para mim é! Nunca se sabe bem o que esperar no atendimento dos fiscais. Colocamos na mente que teríamos sorte e tudo andaria bem. Na aduana chilena foi fácil. Já tinha uma dica importante de Álvaro & Adelaide sobre um formulário de passageiros que seria exigido nos trâmites. Subi ao segundo piso da aduana e numa  pequena cafeteria que lá existe comprei os formulários necessários. Daí foi só preencher e passar na imigração e aduana para fazer a saída do veículo. Tudo certo. Seguimos em frente  para a aduana peruana. Daí a coisa complicou!
Embora os fiscais peruanos tenham sido atenciosos e solícitos, o trâmite aduaneiro é confuso. São necessárias muitas verificações com diversos fiscais, carimbos, vistorias e vai e voltas que parecem não acabar mais!!! Além disso tivemos que desembarcar as malas do carro e passar nos scaners de bagagem.  Fizemos tudo o que tinha que ser feito, mas no final eu estava me sentindo, literalmente, zonzo! Ao todo, saindo do Chile e entrando no Perú, gastamos umas duas horas e meia. Isso que não tinha muita fila de atendimento! Mas valeu todo o esforço. Conseguimos! Aproveitamos uma agência bancária na própria aduana para fazer câmbio e pegar os "soles" peruanos. 
Seguimos então na direção de Arequipa, onde chegamos no meio da tarde. O trânsito na cidade é "hard", com muitos táxis correndo de um lado para o outro e buzinando o tempo todo, mas ninguém nos acertou e não acertamos ninguém, felizmente. Chegamos e tivemos sorte, pois no primeiro local de hospedagem nos acertamos, o hostal La Casa de mi Abuela, provavelmente dos melhores em termos de custo/benefício e muito elogiado nos guias de viagem. Quem vier para cá, nós também recomendamos! Até o próximo post.



La Casa de mi Abuela à noite - Arequipa.

4 comentários:

Álvaro e Adelaide disse...

Evandro,
Se não fosse a Adelaide não sei como faria para enfrentar estas "M" de aduanas. É realmente um stress do "C". Felizmente, quando tudo acaba bem, olhamos temos histórias para contar aos nossos filhos. Parabéns pela viagem, está muito bacana acompanhá-los pelos lugares que também a tão pouco tempo passamos.

In his talk to us about the desired exchange of adhesives,

Cheers,

Álvaro.

Ana do Chá e Viagens disse...

Olá, fiquei contente em encontrar o Blog de vcs!
Eu e meu marido tmbém amamos nos aventurar, acabamos de chegar de Bariloche, quase 8 mil km´s de carro e muita neve e emoção, amamos viajar pela América do Sul tmbém, pena que nessa última viagem ficamos "enfurecidos" com la policia argentina, se bem que já conhecíamos essas figurinhas! rs

Estamos acompanhando vcs, e aproveito para "divulgar" nosso canto Viajar é tudibom!
www.viajaretudibom.blogspot.com

Passem lá!
Abraços
Ana e Guto.

Anônimo disse...

Evandro e Márcia.
Ainda ontem mostrei o blog lá em Taquara.É prazeroso ler teus comentários. Quem sabe quanto eu puder me aposentar eu encaro a panamericana.
Forte abraço e sigam em frente!
Fernando W.

Anônimo disse...

Amigos, agradeço os seus comentários. É uma pena, mas eu estou com os posts prontos, mas não consigo publicar em virtude de problemas na internet aqui em Cusco e nos outros locais.
Fernando, nobre amigo, muito obrigado pelas palavras.
Álvaro e Adelaide, continuem conosco, pois também curtimos as suas histórias.
Ana, muito obrigado pela visita e assim que retornar vou acessar o seu blog. Continue conosco.
Saudações a todos! Evandro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...