sexta-feira, 22 de abril de 2011

O Melhor restaurante da Colômbia! Andrés Carne de Res.

Depois do Parque Jaime Duque tivemos mais uma que o Francisco, nosso taxista e guia de turismo, aprontou para nós durante a estada em Bogotá. Sugeriu um jantar no melhor restaurante da Colômbia! Uaauuuu! Segundo o Francisco, se você visitar a Colômbia, mais especificamente, Bogotá, e depois encontrar quem já esteve por lá, certamente irá receber de volta essas quatro perguntas básicas: 1) Visitaram a Catedral de Sal de Zipaquirá?; 2) Subiram ao Cerro Monserrate?; 3) Passearam na Zona T e no Parque de la 93? e 4) Comeram e tomaram um "trago" no Andrés Carne de Res? Se em alguma dessas quatro perguntas você falhar e responder com um não, poderá receber de volta um "aaaah" de desdém, principalmente se estiver conversando com um "metido", acompanhado de: "Então vocês não conheceram o melhor de Bogotá e da Colômbia?!" Putz, isso pode ser muito frustrante! 
Então, resolvemos não arriscar e cedemos aos argumentos do nosso cicerone, embora eu não soubesse em quanto ficaria o rombo nas finanças da viagem, hehehe!!! Acho que já falei por aqui, tenho que me cuidar, pois depois de 180 posts a gente começa a cair em ciladas e vira repetitivo, que a parte gastronômica das nossas viagens não é das piores, mas poderia ser bem melhor! A Márcia já tinha lido que o Andrés Carne de Res era o restaurante mais famoso da Colômbia, mas eu não sabia absolutamente nada a respeito. Aliás, nessa viagem da Colômbia, eu fiquei devendo muito sobre o conhecimento do país, pois não tive tempo de estudar antes da viagem. Assim, durante os dias em que estivemos por lá tive várias surpresas, gratificantes, posso dizer.
Mas voltando ao assunto do restaurante. Chegamos logo ao anoitecer no local. Esse Andrés Carne de Res é o original, em Chia, 23 quilômetros ao norte de Bogotá, pois existe outro na capital, na zona T, mais domesticado pelo que soube, numa versão própria e mais adequada para o ambiente da sofisticada região do agito urbano. O Andrés Carne de Res é basicamente um grande e comprido galpão de madeira, bastante  rústico. Sim, e daí, o que tem de tão especial para ser assim tão famoso? É o seu interior e a atmosfera local, com uma decoração muito particular, que deixa os sentidos totalmente inebriados, uma profusão de peças decorativas pregadas e dependuradas nas paredes e pelo teto, muitas luzes coloridas, letreiros em neon, objetos antigos, mesas à luz de velas e, claro, ótimas comidas à base de carnes, apresentadas em muitos e variados tipos de pratos. O atendimento é muito bom. E depois das comidas, para quem gosta de esticar na vida noturna, muito "trago" e "rumba" até o dia clarear! O lugar é muito disputado na noite e frequentado por muita gente bonita! E o preço? Arrombou o orçamento? Bem, passou o susto, pois tem pratos individuais desde uns COP$ 35.000,00 e outros coletivos com preços muito convidativos! Não foi nem perto da extravagância que eu pensava que seria e "vale la pena"! Mais uma ótima dica do nosso guia Francisco! Todas as informações sobre os dois restaurantes você encontra no lindo site do Andrés Carne de Res, tão original quanto os seus restaurantes.

Tentei tirar umas fotos sem flash para captar um pouco da atmosfera do Andrés Carnes de Res.
Muita gente disputando na entrada para conseguir uma mesa!



Jantamos logo no começo da noite e o agito ainda nem bem tinha começado.
A noitada pode seguir com muito "trago" e "rumba".


2 comentários:

Claudio disse...

Puxa, Evandro, mais uma agradável surpresa para aqueles que acompanham o blog! Anotei cada uma das dicas.
Pelas fotos, é possível ter uma idéia do local, ou melhor, da atmosfera que o envolve.

Evandro Colares disse...

Valeu, Cláudio! A idéia era essa, tentar passar um pouco da atmosfera do lugar, mas indo lá é 10 vezes melhor, hehehe!!! Abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...