quinta-feira, 16 de junho de 2011

Cartagena de Índias: Plaza do Porto e a Iglesia de San Pedro de Claver.

Com a erupção do Puyehue eu fiquei uns dias sem escrever, acompanhando a situação, mas agora voltamos aos posts sobre Cartagena de Índias. 
Cartagena é uma cidade colonial que possui uma malha urbana reticular, típica de algumas cidades caribenhas do século XVI. As ruas foram definidas para unir as estruturas de segurança das muralhas, os baluartes, com os acessos e as praças internas. Passando a  Puerta del Reloj e seguindo-se à esquerda chega-se na Praça da Alfândega e Porto. Depois que voltamos ao Brasil e começei a ler algo sobre a cidade é que descobri um detalhe curioso; Cartagena não possui uma praça principal, mas sim várias praças especializadas e algumas de uso doméstico. Neste caso a praça sobre a qual relato pertenceu ao período do porto colonial e da antiga alfândega. Mais tarde foi construída a Alcaldia de Cartagena. Aparentemente não tem nada de muito interessante por aqui, mas nesta praça está localizado o escritório de turismo, onde você pode encontrar informações e mapas da cidade.
Seguindo-se um pouco adiante chega-se na Iglesia de San Pedro de Claver, cujo nome é uma homenagem ao monge espanhol Pedro Claver (1580 - 1654), o protetor dos escravos, pois cuidava dos negros traficados da África. O religioso foi a primeira pessoa canonizada do Novo Mundo. Esta igreja, assim como as muralhas de Cartagena, é feita de blocos de coral.
Após a igreja, seguindo o contorno das muralhas, passamos na lateral do Museo Naval del Caribe. Não chegamos a entrar para conhecer as coleções, mas o que nos chamou a atenção foi a sacada do prédio, que segundo o nosso guia Maurício, é a sacada de madeira mais longa já construída, com mais de 40 metros de extensão. O nosso passeio seguiu pelas ruas de Cartagena e sobre isso eu vou contar nos próximos posts!

Praça da Alfândega e Porto.
Alcaldia de Cartagena (à direita).
Iglesia de San Pedro Cláver.
San Pedro de Claver, o "apóstolo dos negros".
A lateral do Museo Naval del Caribe e sua longa sacada de madeira.


2 comentários:

Claudio disse...

Ao ver estas fotos, a primeira impressão que tenho é pela vontade de sair caminhando sem rumo pela cidade.

Evandro Colares disse...

Oi, Cláudio! Quase tinha passado o teu comentário, hehehe. Cartagena é bacana para, realmente, se perder nas suas "calles". Creio que capturaste muito bem o que eu quero dizer sobre a cidade. Abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...